Enem aprovou 38% de forasteiros no estado.

No primeiro ano usando o exame do MEC como vestibular, UFRPE e Univast matricularam 869 alunos vindos de outros estados, o quinto maior percentual do país. Rural segue com 146 vagas ociosas.